Fé e crença como combustível para a Vida

Mantenha a crença e a FÉ!

 

Mantenha a FÉ!

Estamos passando por uma época muito difícil. Difícil mesmo. De total descredito e falta de em tudo. Não estou falando da situação financeira do pais, dos cidadãos, das famílias. Esta, apesar dos pesares, ainda está melhor do que já esteve diversas vezes, pelo que posso lembrar na minha, ainda curta, história de vida.

Não estou falando pelo desemprego que, embora tenha aumentado, é também menor do que em diversas outras épocas. Não estou falando de religião, porque embora vivamos uma época de quebra total de paradigmas em todos os sentidos, tem muita, mas muita gente indo atrás das religiões, das seitas, dos templos, buscando uma tal espiritualidade quase incompreensível.

Digo incompreensível porque o momento difícil que vivemos é de total perda de valores, total distorção da moral e dos bons costumes, total desrespeito às regras, leis, ordem, etc. Não falo isso querendo julgar ninguém, mas falo baseado na forma como fui criado, nos valores que me foram ensinados pelos meus pais, irmãos, tios, etc.

Baseado nesse conjunto de valores que aprendi e incorporei na minha vida, os quais tento diariamente ensinar ao meu filho, não doutrinando-o como se faz nas seitas, mas explicando e exemplificando para ele diariamente porque acredito nessa forma de pensar, agir e viver. Conversando e explicando. Falando para ele sobre responsabilidade ao invés de culpa, falando para ele aprender a tomar decisões baseando-se no que aprendeu, no que acredita, e não no que os outros estão falando sobre esse ou aquele assunto, falando para ele procurar se informar melhor, buscar informação de mais de uma fonte, procurar saber o outro lado da história, antes de simplesmente tomar qualquer assunto por verdade absoluta.

Mesmo quando vejo as verdadeiras barbáries que são divulgadas minuto a minuto nos diversos meios de comunicação, da total falta de caráter da maioria das pessoas públicas do nosso país, da ganância generalizada, da busca incensante pelo ter ao invés de ser, da busca incensante da fama pela fama, da total falta de conteúdo, falo para ele ter , acreditar no que é BOM e CORRETO, acreditar que as pessoas, as coisas, podem ser mudadas, que ele tem que olhar para dentro de si, ao invés de olhar para os lados e para fora, para achar as respostas.

Mesmo nesse momento tão surreal que a humanidade vive, de imagens de pessoas sendo decapitadas em grupo, de inocentes sendo mortos a esmo, por essa ou aquela seita fanática, por tantas pessoas perdidas, vazias, buscando sempre algo que parece que nem elas mesmo parecem saber o que é, eu falo. É PRECISO TER FÉ!

Se olharmos para todos os momentos históricos da humanidade, veremos que já vivemos situações iguais ou piores, em diversas partes do mundo. A grande diferença é que só ficamos sabendo disso, séculos depois, em alguns casos. Hoje, ficamos sabendo no minuto seguinte. Em alguns casos, até um pouco antes de acontecer.

Sempre, em todos os momentos difíceis pelos quais a humanidade passou, a mudança, a virada, veio de grupos que continuavam acreditando ser possível, que tinham que tudo poderia ser diferente, que acreditavam serem eles mesmos, agentes da mudança. Por isso, insisto, TENHA FÉ!

no sentido de se comprometer com o que você acredita. no sentido de continuar fazendo as coisas da forma que você acredita que é correto, sem se preocupar com o que as pessoas a sua volta estão falando.

Sim, porque se preocupar com o que as pessoas à volta estão falando é um veneno. Porque por medo de se tornarem impopulares, os jovens não externam sua opinião, mas sim a dos artistas ou personalidades as quais eles seguem diariamente, como se fosse uma religião. Se preocupar com o que os outros vão pensar, se tornou um veneno para a nossa sociedade.

Vivemos uma época estranha. Nos tornamos consumidores ávidos de todas as coisas materiais imagináveis. Não, estou sendo hipócrita, também sou um consumidor voraz. Mas, o mais triste e que a maioria não esta consumindo o que gosta, o que quer, mas sim o que os outros querem que se consuma.

Muito mais do que coisas materiais, vivemos um momento de consumo máximo de conteúdo sem qualidade, sem nenhuma profundidade e na grande maioria das vezes, sem qualquer veracidade. Nesse contexto, os jovens não tem opinião própria, não sabem sequer no que acreditam. Nesse contexto, não existe , CRENÇA em algo verdadeiro, um objetivo maior, uma meta. Existe somente o próximo vídeo, o próximo post, o próximo tweet.

É muito triste olhar à volta e ver isso acontecendo a todo momento. É muito triste ver muitos jovens saudáveis, inteligentes, sendo levados por esse consumo massificante de moda, tendências, futuros, criados por toda a espécie de “profetas” modernos.

Ninguém quer mais ler um livro, um texto, analisar e fazer anotações, assistir a um documentário, etc. Isso é antiquado e “besteira”. Ninguém faz nada e ninguém tem tempo pra nada. Todos vivem cansados, apáticos, sem energia para lutar por nada.

Ate mesmo os protestos contra a atual situação do nosso pais, que deveriam ser considerados um ato cívico, de luta por direitos e deveres, virou uma briga de quem pode mais na mídia, nas redes sociais. A grande maioria vai a esse ou aquele protesto, passeata, sem sequer saber os reais motivos que os levam. Mesmo com todo esse cenário caótico, lhes digo:

TENHAM E MANTENHAM A FÉ!

Desculpas pelo texto longo e pelo desabafo.

Esse é o meu recado para iniciarmos o ano. Que tenhamos todos um ano maravilhoso e absolutamente produtivo em todos os aspectos de nossas vidas.

Abraços e até o próximo post.

1 Comment

  1. Rodrigo Andriazzi

    Janeiro 15, 2016 at 2:23 pm

    Somente creio q ter fé, necessariamente precisa de um compelmento. Fé por si só não resolve. Meu comentário é q devemos ter fé em Deus! Ele controla tudo e resolve tudo ao nosso redor e no mundo. Ele atua na política, economia, educação dos filhos, etc. Basta buscá-Lo. Abraço.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2017 Evento Motivador

Theme by Anders NorenUp ↑